Arena Fonte Nova não será sede da fase final do Nordestão 2020

O estádio está funcionando como hospital de campanha para tratamento dos infectados com a Covid-19.

Publicado por: em 10 de julho de 2020 - 17:26

Ver Perfil

Fora

Arena Fonte Nova/ Foto: Divulgação

A cidade de Salvador foi confirmada como sede única dos jogos restantes da Copa do Nordeste. No caso, seriam utilizados os estádios da capital baiana com o apoio de Feira de Santana na última rodada, devido à necessidade esportiva jogos simultâneos.

Mas, o principal estádio do estado, a Arena Fonte Nova, um dos palcos da Copa do Mundo FIFA 2014, não será utilizada nos jogos decisivos do regional. Isso porque, parte da Fonte Nova foi utilizada para a montagem de um hospital de campanha durante esta crise do Coronavírus – no caso, a área interna do empreendimento.

Neste caso, mesmo que o jogo eventualmente não atrapalhe em nada o ambiente hospitalar, o simbolismo disso é ruim, como já foi no Maracanã, cuja volta do Campeonato Carioca, com Bangu 0 x 3 Flamengo, aconteceu no mesmo dia em que morreram duas pessoas no hospital de campanha montado no estádio.

O hospital de campanha foi inaugurado em 6 de junho, inicialmente com 70 lentos. Hoje são 240, todos para atendimento de pacientes com Coronavírus, incluindo atendimento em UTI, com 100 leitos.

Antes da confirmação, o próprio governador do estado, Rui Costa, disse que a ideia de jogos por lá “não agradava”. O meia Rodriguinho, principal nome do time do Bahia, também disse ser contra a ideia de jogar na Fonte, apenas para citar dois círculos distintos.

O trabalho do hospital não foi afetado nem os jogos no campo. Entretanto, pesa a imagem.

Estádios para a reta final do Nordestão: Barradão, Pituaçu, Joia da Princesa (Feira) e Arena Cajueiro (Feira), além da possibilidade de alguns jogos em CTs para a 8ª rodada.