Mauro Naves diz: ‘Cavani, não tem lugar para jogar no Flamengo’

Veja como repercutiu a declaração do irmão de Cavani, sobre interesse de clubes Brasileiros e um argentino que teriam sondado o jogador.

Publicado por: em 3 de abril de 2020 - 22:36

Ver Perfil

Rejeitado

Cavani não interessa ao Flamengo

Foto: FRANCK FIFE/AFP

A declaração de Walter Fernando Guglielmone, meio-irmão e empresário de Edison Cavani, de que Flamengo, Boca Juniors, Internacional e Palmeiras teriam sondado o atacante uruguaio, repercutiu nos canais “Fox Sports”. Durante a atração “Expediente Futebol”, porém, o comentarista Mauro Naves afirmou que não haveria espaço para o jogador do Paris St-Germain no Rubro-negro.

– Não entendi se o nome dele é Cavani ou se o nome do irmão dele é ‘Cavando’. Para mim, o irmão dele está cavando um lugar aqui no Brasil. O Flamengo já pode ter pensado nele antes de renovar com o Gabigol, trazer o Pedro. Primeiro, não tem lugar para ele jogar. Não mesmo. Segundo, que o Flamengo teria que pagar 10 milhões de euros pra alguém ficar no banco. O Flamengo deve se preocupar em arrumar dinheiro para o Jorge Jesus, que é muito mais importante. Imagino que vai ser difícil o Cavani jogar aqui por conta desse salário tão alto – opinou o ex-repórter da Rede Globo.

Também participante do programa, Leandro Quesada teve uma opinião parecida. O jornalista criticou os números de Cavani na temporada europeia e disse que a contratação do uruguaio seria desnecessária para o Flamengo, mas importante para Palmeiras e Internacional.

– Acho que o Cavani está meio desconectado do PSG. E tem uma temporada com poucos gols na Europa. São sete gols. É pouco para ele. Os números são muito baixos. E estamos falando de alguém para fazer gols. No Flamengo, com todo respeito ao Cavani, ele agregaria, mas não é necessário, não. Agora, para o Palmeiras, ele se encaixaria bem. No Internacional, também. Ele turbinaria esses dois elencos – aposta Quesada.

Em outra atração da grade da emissora, o “Debate Final”, Felipe Faccincani foi na direção oposta. Para ele, Cavani não jogaria somente em qualquer time sul-americano, como em quase todas as equipes do mundo. O jornalista apenas pontuou que seriam necessários ajustes táticos para acomodar o atacante:

– Cavani cabe em qualquer clube, não só na América do Sul. Hoje, em termos de espaço, caberia no Atlético de Madri, por exemplo. Caberia em qualquer clube italiano. Com a ausência do Suárez, poderia jogar no Barcelona. Joga em qualquer lugar. O problema é que em algumas equipes do futebol brasileiro, como é o caso do Flamengo, precisaria de uma ‘engenharia tática’ para saber onde ele jogaria e no lugar de quem.

Da redação do Portal de Esportes com informações do Yahoo Esportes.