Morre técnico Valdir Espinosa aos 72 anos

Espinosa faleceu na manhã desta quinta-feira (27) após complicações pós-operatórias no intestino.

Publicado por: em 27 de fevereiro de 2020 - 16:30

Ver Perfil

Luto

Foto: Divulgação

O técnico Valdir Espinosa não resistiu e morreu após complicações pós-operatórias no intestino, na manhã desta quinta-feira (27), deixando para trás um currículo de treinador cujo principal título é o Mundial de Clubes de 1983, pelo Grêmio. A notícia foi confirmada pela diretoria do Botafogo.

O velório será das 15h até às 22h no salão nobre do Botafogo, no Rio de Janeiro. Desde dezembro de 2019, Espinosa exercia a função de gerente técnico do Botafogo, no reencontro com o clube pelo qual foi campeão Carioca de 1989. Um título histórico para o alvinegro porque encerrou o período de 21 anos na fila.

“No Grêmio, foi um sonho realizado. No Botafogo, foi um pesadelo que acabou”, disse ele em entrevista à ESPN Brasil, em 2017.

Quando o atual técnico do Botafogo, Paulo Autuori foi contratado, a diretoria do Botafogo já sabia que Espinosa seria submetido a uma cirurgia. Algo que demandaria um período indeterminado de afastamento. Apesar dos primeiros sinais pós-operatórios terem sido positivos, houve complicações na semana que antecedeu o carnaval. Espinosa foi para a UTI, não resistiu e morreu na manhã desta quinta-feira.