Sertão em Festa: Afogados recebe Atlético-MG no maior jogo da história do clube

Coruja do Sertão tem apenas 6 anos de fundação e joga a vida contra o Galo.

Publicado por: em 26 de fevereiro de 2020 - 18:55

Ver Perfil

Histórico

Foto: Portal de Esportes

Afogados e Atlético-MG entram em campo nesta quarta-feira de cinzas (26) pela segunda fase da Copa do Brasil. A bola vai rolar às 21h30, em Afogados da Ingazeira, cidade localizada a 386 km do Recife.

Em sua primeira partida na história da Copa do Brasil, a Coruja eliminou o Atlético-AC por 3 a 0, na estreia do time em competições nacionais. O estádio Vianão, que tem capacidade para 2 mil pessoas, ganhou arquibancadas móveis e deve receber quase 5 mil torcedores no jogo contra o Galo.

Já o Atlético Mineiro, chegou até a segunda etapa após empatar com o Campinense em 0 a 0 e garantir a classificação pela vantagem do empate.

A vaga na terceira fase da Copa do Brasil será definida em jogo único. Em caso de empate, a decisão vai para os pênaltis. Quem avançar para a próxima fase recebe R$ 1,5 milhão, dinheiro que ajudaria muito as pretensões da Coruja na temporada.

A Coruja do Sertão encara a partida como a mais importante da história do clube, que têm apenas seis anos de fundação. O técnico Pedro Manta não vai contar com todos os titulares no jogo. O zagueiro Edivan está lesionado no joelho esquerdo e vai desfalcar o Tricolor. Heverton deve ser o substituto. O volante Douglas Bomba sentiu algumas dores musculares e será avaliado pelo departamento médico.

Mesmo com a mudança, o treinador mantém a base da equipe em 2020, que disputou sete jogos e perdeu apenas um, para o Santa Cruz.

Para o Galo, o jogo apenas de ida vale, além do R$ 1,5 milhão de prêmio, maior tranquilidade para o técnico Rafael Dudamel, que enfrenta já a eliminação precoce na Sul-Americana. Sem Réver, o comandante venezuelano deve voltar ao esquema tático com dois zagueiros – Igor Rabello e Gabriel.

Sávio Pereira Sampaio é o árbitro e será auxiliado por José Reinaldo Nascimento Júnior e Lehi Sousa Silva. O trio é do Distrito Federal.