Santa Cruz Futebol Clube completa 106 anos de fundação

O pátio da Igreja de Santa Cruz, no bairro da Boa Vista foi palco da fundação do “clube querido da multidão” no dia 3 de fevereiro de 1914.

Publicado por: em 3 de fevereiro de 2020 - 17:55

Ver Perfil

Parabéns

Foto: Portal de Esportes

O Santa Cruz Futebol Clube, também conhecido com o “Mais Querido”, completa nesta segunda-feira (3), 106 de história. Fundado aos pés da igreja de Santa Cruz, no bairro da Boa Vista, o tricolor, antes alvinegro, foi o pioneiro na luta contra desigualdade.

Logo no ano seguinte, a Liga Sportiva Pernambucana, precursora da atual Federação Pernambucana de Futebol (FPF), colocou como regra a proibição de dois ou mais times com as mesmas cores. O Flamengo de Recife usava tais cores e saiu vencedor no sorteio, já usava o preto e branco, o que impediu do Santa continuar com as cores.

Foi incluso então o vermelho, no intuito de abraçar todas as raças. O branco (europeus), o preto (negros) e o vermelho (índios), sendo o primeiro clube do Nordeste a ter um jogador negro em seu elenco. Numa época em que jogador negro não era aceito em time nenhum, Teófilo Batista, o Lacraia, se destacava dentro e fora de campo.

Dono de uma das maiores torcidas do Nordeste, o tricolor pernambucano é dito como um dos maiores clubes da região e uma das equipes que detém uma das torcidas mais apaixonadas do país.

E, como cantaram os Irmãos Valença e Capiba, outra célebre frase tricolor, de Alexandre de Carvalho, mais um dos fundadores, ecoa para os outros mais anos que hão de vir: “O Santa Cruz nasceu e viverá eternamente”.