Santa Cruz perde invencibilidade contra o CRB

O clube alagoano ainda não tinha ganho nenhuma partida e conquistou sua primeira vitória na temporada.

Publicado por: em 30 de janeiro de 2020 - 0:57

Ver Perfil

Derrotado

Foto: Santa Cruz

O CRB conquistou sua primeira vitória na temporada. O time alagoano chegou a ficar com um jogador a menos, mas o Santa não conseguiu aproveitar a superioridade numérica. A partida foi realizada às 19h30, no estádio Rei Pelé, em Maceió, e integrou a segunda rodada da Copa do Nordeste. 

Na primeira etapa o CRB teve mais posse de bola, mais volume de jogo, mas não criou nenhuma chance de gol. Os visitantes, por outro lado, defenderam-se bem. Com dificuldades para sair jogando, o Santa não ameaçou o gol dos alagoanos. No segundo tempo os donos da casa aproveitaram a oportunidade e chegaram ao gol. Em uma desorganização do Santa, Igor apareceu com liberdade dentro da área, não conseguiu dominar, mas a bola sobrou para Rafael Longuine, que teve espaço para dominar e bater, sem chance para Maycon Cleiton.

Aos 15, cinco minutos depois do gol, o zagueiro Xandão, do CRB, foi expulso por entrada dura em Paulinho. Com um a mais, o Santa adiantou tentou sufocar, mas não ameaçou empatar. o Jogo acabou 1×0. O Galo joga no sábado, pelo Campeonato Alagoano. Pega o CSE no Juca Sampaio, às 17h. O Santa também atua pelo Estadual. Domingo, às 16h, recebe o Vitória-PE no Arruda.

Ficha do jogo

CRB: Edson Mardden; Lucas Mendes, Xandão, Ewerton Páscoa e Igor; Claudinei, Carlos Jatobá e Rafael
Longuine (Thalisson Kelven); Dudu (Washington), Erik (Léo Príncipe) e Léo
Gamalho. Técnico: Marcelo Cabo.

Santa Cruz: Maycon Cleiton; Júnior, Danny Morais, William Alves e Fabiano; Bileu (Toty), Paulinho e Italo
Henrique (Lucas Gonçalves); Jeremias, Mayco Félix e Pipico. Técnico: Itamar Schulle.

Local: estádio Rei Pelé, em Maceió (AL).
Árbitro: Bruno Pereira Vasconcelos (BA).
Assistentes: José Carlos Oliveira e Luanderson Lima dos Santos (ambos da BA).
Gol: Rafael Longuine, aos 9 do 2º tempo.
Cartões amarelos: Rafael Longuine, Ewerton Páscoa e Washington, Léo Príncipe (CRB) e Bileu,
Paulinho, Italo Henrique, Lucas Gonçalves (STA).
Cartão vermelho: Xandão (CRB).