Pentacampeão com a Seleção, zagueiro Lúcio anuncia aposentadoria: “Muito orgulho”

Campeão mundial com a Seleção em 2002, zagueiro teve passagens em grandes clubes do Brasil e do exterior.

Publicado por: em 29 de janeiro de 2020 - 15:35

Ver Perfil

Aposentado

Foto: Divulgação

Prestes a completar 42 anos, o zagueiro Lúcio anunciou nesta quarta-feira (29) sua aposentadoria dos campos de futebol. O zagueiro, que disputou as duas últimas temporadas pelo Brasiliense teve passagens marcantes por grandes clubes do Brasil e da Europa e títulos mundiais no currículo.

Natural de Planaltina, no Distrito Federal, o zagueiro jogou profissionalmente por 22 anos e vestiu camisas de clubes como: Internacional-RS, São Paulo-SP, Palmeiras-SP, Inter de Milão e Juventus, da Itália, Bayer Leverkusen e Bayern de Munique, da Alemanha. Pela Seleção, foi campeão mundial em 2002.

“É um dia especial para mim. Hoje eu encerro minha carreira como atleta profissional de futebol. Com muito orgulho e gratidão a todos que me apoiaram durante todo esse tempo”, disse o agora ex-jogador.

Oficialmente aposentado, o agora ex-zagueiro diz que vai dedicar mais tempo à família, mas pretende seguir em outras áreas do futebol.

Lúcio ganhou destaque no Internacional de Porto Alegre e foi contratado junto ao Guará-DF em 1997 após sofrer uma goleada por 7 a 0 do Inter na Copa do Brasil. Nascido Lucimar, foi o técnico Guto Ferreira quem deu o nome pelo qual o zagueiro seria conhecido internacionalmente.

O jovem zagueiro recebeu a braçadeira de capitão e liderou o time que conquistou a Copa São Paulo de Futebol Júnior, em 1998. Foi promovido ao grupo principal do Inter e ficou no clube até 2000, antes de ser vendido ao Bayer Leverkusen. Foi campeão mundial com a Seleção de Felipão na Copa de 2002, no Japão e na Coreia do Sul, antes de se transferir para o gigante Bayern de Munique.

Após oito anos de Alemanha, Lúcio mudou de país e rumou para a Itália. E, na Inter de Milão, sob o comando de José Mourinho, conquistou a Liga dos Campeões e o Mundial de Clubes em 2010. Ainda atuou na Juventus antes de retornar ao Brasil para vestir as camisas de São Paulo e Palmeiras.