Náutico perde pênalti no último lance e empata com o River-PI

O jogo marcou a estreia do time na Copa do Nordeste e, do atacante Kieza na equipe.

Publicado por: em 23 de janeiro de 2020 - 23:05

Ver Perfil

Empate

Foto: Caio Falcão / CNC

Em jogo realizado na noite desta quinta-feira (23), no estádio dos Aflitos, o Náutico perdeu a oportunidade de iniciar a Copa do Nordeste com uma vitória. A equipe segue sem vencer na temporada. Marcada pela reestreia do atacante e ídolo da torcida, Kieza, a partida começou complicada para o Timbu que viu o River-PI iniciar o jogo fazendo pressão, mesmo jogando fora de casa.

Ainda nos primeiros minutos de partida o tricolor piauiense abril o placar com Eduardo, aos 2 minutos. A defesa do Náutico se complicou, a bola acabou nos pés de Eduardo, que invadiu a área e chutou. Jefferson defendeu, mas deu rebote e o próprio Eduardo, colocou para dentro. Com os dois times se alternando no ataque durante a primeira etapa, aos 31 minutos, após cobrança de escanteio, Salatiel e Álvaro tentam finalizar para dentro, sem sucesso, mas bola sobrou para Matheus Carvalho que, quase dentro do gol, empatou.

Foto: Aldo Carneiro/ Pernambuco Press

No segundo Tempo, assim como no primeiro, o River foi melhor. Tentando mudar o cenário, aos 19 minutos, Gilmar Dal Pozzo fez a substituição que a torcida pedia. Kieza entrou e foi muito aplaudido nos Aflitos. Com ele em campo, o Timbu cresceu e passou a dominar as ações, mas sem conseguir marcar e virar a partida. Aos 48, no último lance, veio o pênalti. Salatiel recebeu a bola nas costas da zaga pela esquerda e cruzou. Cris dá carrinho e levanta o braço. Bola bate na mão esquerda do zagueiro e árbitro marcou o pênalti. Mesmo com as arquibancadas gritando o nome de Kieza, Salatiel colocou a bola debaixo do braço e foi para a cobrança. Mondragon cai para o lado esquerdo e defende a cobrança. No rebote, atacante não conseguiu finalizar forte e goleiro pegou novamente. Para a frustração do Náutico e felicidade da torcida do River-PI.

Pela Copa do Nordeste, o Náutico vai enfrentar na segunda rodada, o Freipaulistano, no Batistão, em Aracaju, Sergipe. O jogo será realizado no sábado, 1° de fevereiro, às 20h. Já o River-PI, que jogará no mesmo dia, porém, mais cedo: às 16h, no estádio Felipão, em Teresina, contra o CSA. No estadual, domingo, dia 16, o Galo joga pela segunda rodada do Piauiense contra o Piauí. O Timbu pega o Petrolina.

Ficha da partida:

Náutico: Jefferson; Bryan, Ronaldo Alves, Fernando Lombardi e Wilian Simões; Josa (Luanderson), Rhaldney (Wagninho) e Jean Carlos; Matheus Carvalho, Álvaro (Kieza) e Salatiel. Técnico: Gilmar Dal Pozzo. 

River-PI: Mondragon; Carlos Henrique, Cris, Wagner Silva e Mateus Muller; Emerson (Felipe Barros), Gustavo Henrique, Bismarck e Valdo Bacabal; Luccas Brasil (João Paulo) e Eduardo (Érico Júnior). Técnico: Márcio Goiano. 

Árbitro: Rafael Carlos Salgueiro Lima (AL). 

Assistentes: Esdras Mariano de Lima Albuquerque e Brigida Cirilo Ferreira (ambos de AL). 

Gols: Eduardo, aos 2′ e Matheus Carvalho, aos 38′ do 1ºT. 

Cartões amarelos: Rhaldney (Náutico); Luccas Brasil, Bismarck, Mateus Muller (River-PI). 

Público: 6.248 pessoas. Renda: R$ 74.739.

 

Por: Douglas Hacknen