Torcedores do Cruzeiro pedem ajuda de Moro em investigações na administração do clube

Torcida da Raposa pede operação nos moldes da Lava Jato para investigar crimes financeiros cometidos através do clube.

Publicado por: em 20 de janeiro de 2020 - 20:11

Ver Perfil

Pedido

Foto: Portal de Esportes

Um grupo de torcedores denominado Pró-Cruzeiro Transparente recorreu ao ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, um pedido de apoio para que sejam apurados todos os malfeitos que levaram a equipe de Minas Gerais à Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro e à situação caótica administrativa e financeira.

Francisco Ferreira, integrante do movimento disse defender “uma operação no futebol nos moldes da Lava-Jato desde 2018. Depois das denúncias de crimes cometidos no Cruzeiro, criamos o Pró-Cruzeiro Transparente. E agora (ontem), solicitamos uma audiência com o ministro Sérgio Moro para pedir apoio e agilidade, o suporte dele aos órgãos que já estão investigando tudo que ocorreu no clube, como o MPMG e a Polícia Civil.”

De acordo com as informações do site Super Esportes, Ferreira acrescentou dizendo que quer “que o ministro Sergio Moro dê força para que não só o futebol, mas o esporte em geral, possa passar por processo de moralização. Temos de tirá-lo das garras da corrupção”, disse.

O Cruzeiro Esporte Clube teve um 2019 para esquecer. Após um bom início de temporada com uma fase de grupos quase perfeita e a classificação para as oitavas de final da Libertadores da América. O clube amargou queda após queda, com eliminações na Liberrtadores e Copa do Brasil, além de ter sua queda mais emblemática da história e pela primeira vez, a Raposa foi rebaixada para Segunda divisão do Brasileiro.

Além das quedas em campo, foi descoberto várias fraudes na administração do clube. O que decretou em atraso de salários e um caos financeiro no clube mineiro.