Com proposta oficial do Santa Cruz, decisão da volta é com Tiago Cardoso

Decisão do retorno ao gol tricolor fica por conta do atleta.

Publicado por: em 4 de janeiro de 2020 - 17:55

Ver Perfil

Retorno

 

Foto: Marlon Costa/ Pernambuco Press

A situação do Santa Cruz e do goleiro Tiago Cardoso estão mais perto de um desfecho, pois o goleiro confirmou as conversações e deixou em aberto o retorno. Agora, ele já tem em mãos uma proposta oficial do Tricolor. Cabe a ele, agora, analisar e decidir se acerta com o clube ou tenta alterar algum termo.

“O Santa Cruz fez a primeira proposta. Passei para o atleta e eles está analisando para podermos passar para o Santa Cruz o quanto antes”, comentou o empresário de Tiago Cardoso, Ytalo Pontes. Perguntado se há um prazo para que a negociação, já arrastada, chegue a um final, o agente se mostrou tranquilo e não deve acelerar o processo. “A gente está em negociação com o Santa Cruz, então vamos concluir, seja positivamente ou negativamente”, acrescentou.

O que tem um peso maior para o Tricolor não ter sacramentado ainda a volta do ídolo para a Cobra Coral, é a pedida salarial. Com um patamar acima do que o Santa Cruz estabeleceu como teto nesta temporada, as duas partes têm buscado um denominador comum para concretizar o acordo.

“O Ytalo (Pontes, empresário de Tiago Cardoso) é amigo nosso, amigo do clube e estamos conversando, vendo as possibilidade. Estamos trabalhando para conseguir o melhor para o Santa Cruz. É difícil especificar essa questão de negociação porque ela pertence ao atleta, ao
empresário, ao clube. A parte financeira é importante para o Santa Cruz em todos os momentos. O clube tem suas limitações e a gente evita de sair dela. Às vezes por uma determinada negociação que é caso especial, que é interessante, você acaba abrindo mão e fazendo algumas coisas a mais pela necessidade e posição do atleta. E temos que tirar de um algum lugar, se puxa para um, tem que cortar de outro. Então estamos buscando adequar todas essas áreas para que tenhamos o melhor elenco, os melhores atletas, satisfeitos e pagando”, explicou o executivo de futebol do Santa Cruz, Nei Pandolfo.